Avanço de 4,4% na Indústria

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 
CNI projeta crescimento de 4% do PIB e avanço de 4,4% na indústria em 2021

Desemprego deve atingir 14,6%

O presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, disse que tem boas expectativas para o setor industrial brasileiro durante o governo Biden nos EUA  Agência Brasil
A CNI (Confederação Nacional da Indústria) estima crescimento de 4% do PIB (Produto Interno Bruto) em 2021.

O setor industrial deve ter expansão de 4,4% no mesmo ano, segundo as projeções.

As projeções de alta são feitas em cima dos resultados esperados para 2020, de recuo de 4,3%. O PIB industrial deve ter queda de 3,5%. 

As perspectivas da CNI estimam que este ano terminará com taxa de desemprego de 13,9%. O percentual subirá para 14,6% no ano que vem, projeta a entidade.

O presidente da CNI, Robson Andrade, afirmou que não era possível imaginar o que o mundo enfrentou na pandemia de covid-19. Disse que a economia deve se recuperar em 2021 mediante a aprovação das políticas de promoção do governo. Destacou a reforma tributária, tida como prioridade para 2021 pela confederação.

“Apoiamos a PEC 45  [que tramita na Câmara] , claro, com algumas mudanças, mas é a proposta que mais se adequa ao país para ter um IVA nacional” , afirmou. Para ele, a proposta daria mais transparência e evitaria sonegação.

 Disse que a não aprovação da proposta tem efeitos muito danosos na economia brasileira. “Nosso sistema tributário é caótico, complexo e incompreensível. Tanto para o Brasil, quanto para os investidores externos “.

Citou a reforma administrativa, que reconfigura a máquina pública, em especial, as despesas com o funcionalismo. Estados, União e municípios têm dificuldades orçamentárias em custos, segundo ele.

As condições das contas públicas são um dos principais desafios para o país. Com déficit no resultado primário desde 2014, o país não tem previsão de reverter o quadro fiscal fragilizado no curto prazo. O governo e o Congresso implementaram medidas de transferência de renda, como o auxílio emergencial, o que contribuiu para um pior das condições fiscais.

O setor público consolidado

Que inclui governo federal, estados, municípios e estados– deve registrar déficit de R $ 789 bilhões em 2020, segundo a confederação. O valor corresponde a 10,93% do PIB. A dívida pública bruta deve terminar o ano em 92,8% do PIB.

A CNI disse que a melhora da atividade econômica em 2021 e a previsão de redução de despesas devem reduzir o déficit para R $ 192 bilhões, ou 2,5% do PIB.

De acordo com o presidente da CNI, a vacinação em massa é muito importante para o Brasil. A entidade não tem posicionamento sobre a obrigatoriedade da vacinação, mas ele afirmou que é necessária uma ampla imunização da população para a volta normal do trabalho.

O presidente Jair Bolsonaro é contra:  “Eu não vou tomar a vacina. E ponto final ” .

JOE BIDEN

Robson Andrade avaliou que a eleição de Joe Biden não deve mudar em relação ao Brasil com os Estados Unidos. Disse que tem se reunido com autoridades e investidores norte-americanos que manifestaram expectativas positivas com o acordos dos acordos comerciais.

► Melhor preço da Internet...
► Frete gratuito...

Comunidade Almes

revistas em quadrinhos.
digitalizadas e gratuitas.
Índices Financeiros

Em tempo real.
I n v e s t i n g . c o m

Bolsas de Valores
Commodities
Principais Ações
Resultados Divulgados

Cotação Real (R$)
Criptomoedas

Calendário Econômico

Destaques



Representante, entre aqui!