Marketing Digital para Vender Mais

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Como os pequenos negócios podem usar o marketing digital para vender mais

Léo Xavier, da Pontomobi, discute o potencial dos novos canais de comunicação para tornar a presença digital dos empreendedores mais acessíveis

Há algum tempo, ter um site era o “passaporte” para as empresas entrarem no meio digital. No entanto, com o surgimento das redes sociais e dos aplicativos, esse cenário vem mudando.

Para Léo Xavier, cofundador e CEO da Pontomobi, empresa brasileira especializada em marketing, esse momento de efervescência dos canais digitais pode trazer várias oportunidades para os pequenos negócios, já que essas plataformas não exigem grandes investimentos.

Para auxiliar os empreendedores a aproveitar melhor o potencial do marketing digital, Xavier preparou quatro dicas. Confira.

Trabalhe com multiplataformas

Segundo o especialista, a presença digital era muito atrelada aos sites dos negócios. Hoje, esse canal não é tão imprescindível para tornar uma empresa digital. Um pequeno negócio, por exemplo, pode fazer parte de um marketplace — e-commerces que permitem que pequenos vendedores possam expor e vender seus produtos. Há também a possibilidade de investir na venda de produtos pelo Instagram ou WhatsApp.

No entanto, é preciso ficar atento ao formato do canal. “Cada plataforma tem sua vocação. O Instagram tem um apelo mais imagético, enquanto o WhatsApp funciona mais com textos e com vendas que não precisam mostrar tanto o produto”, diz.

Conheça seu público

Conversar com o cliente para oferecer um serviço melhor pode parecer uma atitude óbvia, mas para Xavier sempre é bom lembrar a necessidade desse esforço, pois muitos esquecem a importância dessa dica.

Antes de escolher uma plataforma para divulgar ou vender seus produtos, segundo ele, é essencial saber em que canais o seu público-alvo está. Pode ser que seu público prefira o Facebook ao Instagram, por exemplo.


A inteligência de dados também pode ser uma aliada para entender o comportamento do consumidor. Com a coleta de dados dos clientes em diversas plataformas, é possível fazer estratégias mais assertivas, com base em informações como idade, gênero, estilo de vida e até mesmo no que a pessoa está “curtindo” nas redes sociais.

Tenha uma estratégia

“O pequeno é médio negócio que não tiver uma estratégia não tem vida longa no meio digital”, alerta Xavier. Para ele, é preciso que os negócios conheçam bem seus produtos e estejam atentos aos hábitos de consumo dos clientes para construir as estratégias.

No entanto, não adianta ter um bom plano e não avaliar seu resultado. Segundo o especialista, com as novas tecnologias, é possível mensurar o impacto de uma ação em pouco tempo.

Una o digital com experiências físicas

De acordo com Xavier, os negócios também podem aproveitar meios "não-digitais" para divulgar seus produtos. Uma degustação de uma bebida, por exemplo, é uma ação interessante. Além disso, as estratégias digitais podem servir como suporte para divulgar experiências presenciais.

Em um lançamento presencial de um produto, por exemplo, é possível fazer uma transmissão ao vivo pelo Facebook falando das novidades do evento. Uma estratégia também é enviar promoções via WhatsApp durante a atração.

Índices Financeiros

Em tempo real.
I n v e s t i n g . c o m

Bolsas de Valores
Commodities
Principais Ações
Resultados Divulgados

Cotação Real (R$)
Criptomoedas

Calendário Econômico


Representante, entre aqui!