6 Tendências para o Setor de Franquias

Imprimir
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

A consultoria e auditoria Deloitte pesquisou, junto com a ABF (Associação Brasileira de Franchising), quais são as grandes tendências para as franquias brasileiras nos próximos anos. O resultado, que você confere abaixo, será apresentado durante a 14a Convenção ABF do Franchising, que ocorre ate o dia 1o de novembro na ilha de Comandatuba, em Una (BA).

1. Da indústria para o varejo


As grandes produtoras de bens de consumo criam um canal direto com o consumidor por meio de uma rede própria de comércio. A loja amplia o acesso do cliente aos produtos e permite um maior controle sobre o preço para o consumidor final.

2. Eficiência na logística


Sobretudo nas grandes cidades, o trânsito e as restrições ao tráfego de caminhões representam um desafio para as franquias. As redes devem tornar o processo mais eficiente e otimizar os espaços nas lojas para priorizar a área de venda.

3. Novas demandas do consumidor


O cliente bem informado quer qualidade e não abre mão da praticidade. As marcas de alimentos e produtos naturais, orgânicos e premium ganham espaço, assim como as bandeiras de casual dining, que oferecem uma experiência mais sofisticada em relação ao fast-food.

4. Mudanças comportamentais


Por querer ganhar tempo, o consumidor procura por serviços de limpeza e conservação para residências e soluções com atendimento no local de trabalho. Outro fator importante é a vontade de pertencer a um grupo, o que favorece os negócios de nicho.

5. Conexão total


Os franqueadores precisam se estruturar para estar em aplicativos de delivery, reservas em restaurantes e comércio eletrônico. É necessário fazer investimentos em tecnologia para que a marca participe desses mercados.

6. Alianças estratégicas


Programas de desconto e relacionamento com empresas ou outras franquias ampliam o público consumidor. As parcerias divulgam a marca e fidelizam os clientes.




Fonte: P.E.G.N