Resultado de imagem para robot png"Robôs não roubarão empregos se os humanos trabalharem com o coração", diz especialista
Para Thomas Friedman, já trabalhamos com as mãos e a cabeça. Agora, tendência é apostar na empatia, algo que as máquinas não têm.

ra Thomas L. Friedman, colunista de assuntos globais do “New York Times”, há dez anos o mundo virou uma chave, e ninguém se deu conta. Foi em 2007 que surgiram o iPhone, o Kindle, o Airbnb, o Android, o Watson da IBM e o Hadoop, o mais poderoso dos softwares do chamado Big Data.

Produção de queijo muda vida de casal empreendedor