Mapa de Análise Financeira

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Resultado de imagem para analytic finance icon pngAprenda como fazer Utilize o Excel para elaborar um mapa de análise financeira.

A análise financeira refere-se a avaliação ou estudo da viabilidade, estabilidade e capacidade de lucro de um negócio ou projeto.

Engloba um conjunto de instrumentos e métodos que permitem realizar diagnósticos sobre a situação financeira de uma empresa, assim como prognósticos sobre o seu desempenho futuro.

Para que o analista possa verificar a situação econômico-financeira de uma empresa, é fundamental o recurso a alguns indicadores.

Estes apresentam uma vantagem, não só de tornar mais precisa a informação, como também de facilitar comparações, quer para a mesma empresa, ao longo de um certo período de tempo, quer entre empresas distintas, num mesmo referencial de tempo.

Contudo, convém salientar que os indicadores apenas constituem um instrumento de análise. Esse instrumento deve ser complementado por outros. Com efeito, a análise de indicadores fornece apenas alguns indícios que o analista deverá procurar confirmar através do recurso a outras técnicas e o conhecimento inerente do mercado onde atua.

O principal objetivo da planilha é proporcionar uma ferramenta prática e objetiva para subsidiar tomadas de decisões com base no balanço da empresa e indicadores financeiros.

Veja na vídeo-aula abaixo o funcionamento da planilha:

 

  • Entenda a Ferramenta

A página inicial possui a estrutura mostrada abaixo. Utilize os botões para navegar entre as abas. Basta clicar no botão e você será direcionado para a aba respectiva. Os resultados presentes neste exemplo são meramente ilustrativos.

  • Direitos

Em síntese, Direitos correspondem aos valores cuja uma pessoa ou empresa possuem para receber, seja através de venda de produto, seja em aplicações bancárias ou bens imobilizados.

A aba denominada Direitos, dessa planilha, visa listar de forma organizada todos os direitos da empresa. Para tanto, deverão ser listados todos esses direitos segundo alguns critérios. No exemplo, são ilustrados os mais utilizados em finanças, mas, caso haja necessidade, esses poderão ser alterados.

Utilizou-se Finança disponível, Aplicações, Faturas a receber, Estoques e Bens Imobilizados.

Para cada critério, deverão ser informados:

  • Nome: Nome do direito para identificação; 
  • Porcentagem: A planilha indicará ao participação daquele direito do valor total do critério;
  • Prazo: Tempo necessário para lançar mão do direito; 
  • Valor: Valor do Direito.

Por fim, será indicado o valor total dos direitos, conforme exemplo:

  • Resumo do Negócio/Produto: Explicitar de forma clara e objetiva qual é o negócio ou produto;
  • Setor de Atuação: Indicar em qual parte do mercado o produto ou serviço irá atuar;
  • Concorrência: Quem oferece serviço/produto idêntico ou similares de mesma funcionalidade para o mesmo setor de atuação;
  • Diferenciais Positivos: O produto é inovador ou possui algum diferencial frente à concorrência que trará ganho de mercado e que deve ser potencializado;
  • Diferenciais Negativos: O que poderia fazer com que os clientes tivessem preferência pelos serviços ou produtos da concorrência;
  • Visão de Negócio (curto prazo): Como gostaria que o produto ou serviço fosse visto pelo mercado em alguns meses;
  • Visão de Negócio (longo prazo): Como gostaria que o produto ou serviço fosse visto pelo mercado em alguns anos;

Obrigações

Obrigações são resumidas como os valores a serem pagos, sejam esses oriundos de faturas de fornecedores ou de empréstimos contraídos.

Como a metodologia de preenchimento é idêntica à de Direitos, limitar-nos-emos ao exemplo abaixo:

Relatório

A aba de relatório visa apresentar as informações quanto às obrigações e direitos de forma prática e objetiva. Além de possibilitar indicadores financeiros de ampla utilidade.

  • Previsão de Caixa: A planilha parte dessa aba, classifica as obrigações e direitos conforme os prazos e faz uma pespecticva de saldo de caixa para cada período de tempo;
  • Balanço Patrimonial: O balanço patrimonial é uma demonstração contábil que tem por finalidade apresentar a posição contábil, financeira e econômica de uma entidade (em geral uma empresa) em determinada data, representando uma posição estática (posição ou situação do patrimônio em determinada data). O balanço patrimonial apresenta os Ativos (bens e direitos) e Passivos (exigibilidades e obrigações) e o líquido, que é resultante da diferença entre o total de ativos e passivos;

 

Indicadores:

  • Endividamento: tem como principal finalidade mostrar o nível de comprometimentos do capital próprio de uma empresa, com o capital de terceiros. Eles nos informam se utiliza-se mais de recursos de terceiros ou de recursos dos proprietários.
  • Liquidez: visa medir a capacidade da empresa de pagar suas dívidas, ou seja, sua habilidade em cumprir corretamente as obrigações assumidas.
  • Capital de Giro: a representa a liquidez da operação disponível para a entidade. No nosso caso o horizonte de tempo prefixado é de 30 dias para o Capital de Giro.

 

Panorama

A aba denominada Paranorama, como o próprio nome diz, objetiva apresentar um panorama geral doos direitos e orbigações, especificando os mesmos por critérios. Abaixo, são ilustrados dois exemplos:

 

 

 

 

Fonte: BlogVoitto

Newsletter - Receba novidades:
Você acredita que pode aprimorar as suas habilidades?

Juros Internacionais

Cálculos Financeiros

Oferecimento
I n v e s t i n g . c o m

Fibonacci

Pip

Pivot

Margem

Lucro

Câmbio